DIETA MAIS QUE PERFEITA

Redação | 08:00 Deixe seu comentário
O que é essa dieta? A dieta mais que perfeita é aquela que, em vez de restringir o consumo de certos alimentos, procura equilibrá-los. Segundo especialistas, a dieta ideal deve conter de 55% a 60% de carboidratos, 20% a 25% de gorduras e 15% a 20% de proteínas. É recomendado, ainda, ingerir de 20 a 30 gramas de fibra por dia. 

O que deve ser evitado é o consumo de carboidratos simples (doces, bolos e balas) e gorduras ruins (manteiga, bacon e banha). 

Como ela funciona? Segundo a nutróloga Luciana Carneiro, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO), a dieta mais que perfeita é calculada para perder entre 1 e 1,2 kg por semana. Ou: entre 4 e 5 kg por mês. “Depois de atingir o peso ideal, é necessário recalcular as necessidades de cada um, tendo em vista fatores, como idade e o nível de atividade física. Em média, uma pessoa com o peso ideal e que pratica atividade física de 3 a 4 vezes por semana deve ingerir entre 2.200 e 2.400 kcal ao dia”. 

Por que fazê-la? Toda e qualquer dieta precisa ser individualizada e levar o indivíduo à reeducação alimentar. “Ao contrário das dietas que pregam algum tipo de restrição alimentar, é segura porque contém todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo”, garante Luciana Carneiro. Além disso, previne efeitos colaterais indesejáveis, como deficiência nutricional, falta de carboidratos (o principal combustível do corpo humano) e o efeito sanfona, típico dos regimes que defendem o consumo exagerado de um determinado grupo de alimentos em detrimento de outro. 
 
Clique na imagem para ampliar ou clique aqui
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!